(51) 991.612.101

Técnica inovadora reduz gordura localizada sem intervenção cirúrgica

Método que reduz gordura localizada de maneira segura e não invasiva, a criolipólise, apresenta inovações para o tratamento de áreas menores com pequenos acúmulos de gordura.

A busca pelo corpo perfeito é o sonho de muitas pessoas. A procura por clínicas que oferecem tratamentos estéticos e cirurgias plásticas aumentam cada vez mais. Nem todo mundo está disposto a enfrentar uma intervenção cirúrgica. A tecnologia está evoluindo nesse segmento e traz muitas novidades.

É possível eliminar aquela gordura localizada indesejada difícil de perder com dieta e exercícios físicos sem intervenção cirúrgica. Com a Criolipólise a gordura pode ser reduzida em até 25% numa única sessão. Essa técnica de última geração é ideal para pessoas que estão próximas do seu peso ideal ou tem áreas com gordura localizada. A criolipólise trata áreas como pneuzinhos; gordura abdominal e lateral; costas, região dos glúteos, coxas e recentemente rosto. O procedimento elimina as células de gordura aproveitando sua vulnerabilidade natural ao frio.

A Criolipólise utiliza placas de resfriamento junto com gelpads protetores, que garantem um contato térmico uniforme para o resfriamento controlado e a cristalização das células de gordura. As células cristalizadas morrem gradualmente e são eliminadas naturalmente pelo organismo entre seis a oito semanas seguintes. Essa gordura degrada e é metabolizada no fígado semelhante a gordura da alimentação, sem comprometer o seu funcionamento.

O procedimento da Criolipólise é eficaz e seguro por não ser invasivo, sem cortes, anestesias ou outras substâncias injetáveis. Apenas as células de gordura da região selecionada são atacadas. O médico escolhe a região a ser tratada e posiciona o copo aplicador. O aparelho puxa e segura a gordura entre os seus dois painéis resfriando-a automaticamente por uma hora. A sensação é de um puxão firme. Tanto a pele quanto as estruturas próximas são preservadas. A pele é protegida por uma película de gel durante a sessão. O tratamento não provoca danos aos outros órgãos. Uma outra vantagem do método é que os pacientes podem retomar as suas atividades e rotina imediatamente após o tratamento no mesmo dia. Nas primeiras 3 semanas após a realização do procedimento os efeitos são notados e entre o primeiro e terceiro mês é possível ver os resultados. A eficácia do tratamento é comprovada. Os resultados são mantidos desde que o paciente siga com o mesmo estilo de vida. Nesse caso a gordura eliminada não volta. Vale ressaltar que como todo tratamento envolvendo a saúde é essencial um planejamento cuidadoso e estruturado por um médico. Dessa forma os resultados desejados são alcançados com segurança. A escolha do equipamento é importante pois não são todos que possuem aprovação pelos órgãos reguladores. O CoolSculpting® é o procedimento original e o único que com aprovação do FDA (Food and Drug Administration) e da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Foram 16 anos de estudos e testes de segurança para lançar o equipamento e aproximadamente US$ 80 milhões investidos até aqui. O método foi desenvolvido pelos médicos Dr. Dieter Manstein e Dr. R. Rox Anderson, no Centro Wellman de Fotomedicina no Hospital Geral de Massachusetts, em Boston, instituição de ensino vinculada a Escola de Medicina de Harvard. A empresa Zeltiq Aesthetics detém a patente e licença do procedimento do CoolSculpting® e está presente em mais de 70 países.

Conhecido principalmente para tratar de áreas maiores como abdômen, flancos e região dos glúteos, o CoolSculpting® traz uma novidade. A Zeltiq sempre em busca de inovações, desenvolveu uma solução eficaz para eliminar a gordura localizada abaixo do queixo (a temida papada ou queixo duplo). Quem tem gordura localizada nessa região sabe o quanto é difícil eliminar esses excessos. Até pouco tempo apenas através de intervenção invasiva era possível tratar essa região. O sistema CoolSculpting® ganhou um novo aplicador: o CoolMini, especialmente desenvolvido para áreas menores com acumulo de gordura. O aplicador tem o tamanho, forma e curvatura desenvolvidos para locais finos e pequenos. São necessárias uma ou duas sessões dependendo do caso. O processo é o mesmo do corporal. Leva em torno de 45 minutos e não traz riscos para o paciente pode retomar as suas atividades imediatamente após o tratamento. Os resultados podem ser notados entre o primeiro e o terceiro mês. Além de reduzir a gordura melhora o contorno do rosto. A solução é eficaz e segura. A Anvisa autorizou recentemente o tratamento que já pode ser encontrado no Brasil.

Fonte: Dino