(51) 991.612.101

Invoop – Um marketplace para facilitar a compra e venda de micro e pequenas empresas

É um marketplace especializado em compra e venda de empresas, a partir de anúncios gratuitos de intenção. A plataforma ajuda donos de empresas e investidores a conhecerem novas oportunidades de negócios. Para garantir um processo seguro, há ferramentas de segurança para que o anunciante avalie os interessados no seu negócio. Rafael, o CEO comenta ” Vender uma empresa é um momento tão especial que necessita de cautela e muito estudo”.

A história começou assim: os três sócios, que também são irmãos, iniciaram suas atividades em investimento no setor gastronômico em 2007, mas dificuldade de manter o negócio alimentou a necessidade de uma transação comercial. Negociar e apresentar um negócio ainda era um desafio, e foi isso que gerou a ideia da criação de uma empresa, a EGCapital, focada em transação de empresas de pequeno e médio porte. Depois, surgiu a Invoop. ” Identificamos que negociar, apresentar material, encerrar a empresa é fácil perante a dificuldade de encontrar o comprador” comenta o sócio Guilherme.

Mercado – Os sócios citam uma pesquisa do Serasa Experian que aponta que 1 865 183 empresas foram criadas em 2014 no país, sendo 95% delas de porte micro e pequeno. “A maioria desses microempreendedores não sabe e não conhece nenhum meio para tentar captar recursos ou vender suas empresas”, diz André. Entre os concorrentes, ele cita a Passando O Ponto, Quero um Negócio, Empresa Perfeita, Celeiro de Negócios, Enter Negócios e a Brasil Empresas.

“Queremos empresas sérias na nossa plataforma. Somente dessa forma que vamos conquistar um rol de investidores qualificados. Para isso, é necessário o anunciante preencher uma série de informações sobre a sua empresa. Tudo isso pode ser feito de uma forma bem rápida e sigilosa!”, diz André.

A empresa recebeu aporte através da Eqseed, umas das empresas mais conceituadas de crowdfunding do Brasil.

Confira abaixo a entrevista com o fundador, Rafael Moschetti.

Qual foi o principal desafio que você enfrentou até hoje na Invoop?
Ter coragem e inovar com uma ferramenta rodeada de executivos do mercado financeiro. Encontrar um hiato entre os serviços prestados e a praticidade para os necessitados.

O que mais consome seu tempo hoje em dia na Invoop?
Hoje estamos 100% dedicados em captar anúncios de qualidade e criar uma comunidade que realmente possui a intenção de realizar bons negócios.

Do que você mais gosta no setor?
A tecnologia fala por si. A velocidade e o poder de alcance que a internet oferece são incríveis. Gosto também de poder compartilhar ideias com outros empreendedores e especialistas do mercado de fusões e aquisições. Conversar sobre melhorias, sugestões, parcerias. A maioria das pessoas possui a mente aberta para novas possibilidades. Isso é bacana!

Qual o desafio de se empreender nesse setor no Brasil?
No atual cenário brasileiro, acredito que o desafio é pra todos, mas falando sobre o nosso setor, cada dia que passa empreendedores e donos de empresas buscam uma solução para seus negócios devido à crise e a nossa demanda aumenta… Porém, por outro lado, captar e conquistar investidores está cada vez mais difícil… São poucas as pessoas que estão com capital, disposição e coragem para investir.

Como você avalia se está tendo bons resultados ou não?
Desde nossos estudos preliminares sabíamos o tamanho do nosso desafio. Estudamos as empresas semelhantes e conhecemos o tamanho do mercado. Nossa meta é finalizar o ano com uma comunidade de 3 mil anúncios e um múltiplo significante de cadastros e investidores. Em apenas 10 meses d de vida já contamos com 1250 anúncios e um banco de dados satisfatório! Vamos em frente!

O que será a Invoop em 5 anos? E em 10 anos?
Nosso objetivo é se tornar o maior e melhor portal de compra e venda de empresas do brasil. Um verdadeiro mercado de negócios online. Afinal são 18 milhões de empresas e inúmeros empresários e empreendedores pelo país. Em 10 anos, temos a intenção de ter conquistado alguns países da América Latina e oferecer serviços bancários, como empréstimos para fluxo de caixa, para aquisição de empresas, através de parcerias com instituições financeiras etc.

Como você vê o empreendedorismo no Brasil hoje? Que mudanças você prevê para os próximos anos?
Fazendo uma análise política, acredito que a crise promove o empreendedorismo de certa forma…. Cada vez mais pessoas enfrentam dificuldades e acabam optando por não depender dos outros. Ao invés de ficarem esperando por um emprego, estudantes e adolescentes buscam novas alternativas de trabalho. As dificuldades e experiências negativas vivenciadas pelas pessoas na crise despertam novas ideias e a intenção de criar novas soluções. Acho que o empreendedorismo só cresce! Vejo com bons olhos o mercado brasileiro! Devemos fazer a nossa parte também e reivindicar por melhorias por um sistema mais simples com mais incentivos e menos riscos.

“Nosso objetivo é aproximar investidores de oportunidades empresariais. O objetivo da invoop é que esses usuários não dependam apenas de seu network pessoal para se relacionar!” diz Rafael.

Fonte: Dino