(51) 991.612.101

Tecnologia de Rejuvenescimento Vaginal é destaque em evento de ginecologia e obstetrícia no interior de São Paulo

Procedimento que estimula a regeneração do colágeno e a contração vaginal é o terceiro mais realizado pelas mulheres brasileiras

A XVIII Jornada de Ginecologia e Obstetrícia da Regional São José do Rio Preto – SOGESP começa no dia 29 de junho e vai até o dia 01 de julho, no anfiteatro da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. O evento traz uma programação diversificada para atualização dos participantes das técnicas mais utilizadas no dia a dia dos consultórios. A tecnologia de rejuvenescimento vaginal é um dos destaques do encontro com o curso prático ministrado no ambulatório de Ginecologia no Hospital de Base que traz como tema o FEMILIFT C/ PIXEL CO2 ALMA LASER: REJUVENESCIMENTO ÍNTIMO E INCONTINÊNCIA URINÁRIA LEVE/MODERADA. ESTUDOS CIENTÍFICOS APROVADOS PELO FDA – Ministrante: Elsa Gay (São Paulo – SP).

O tratamento, com técnicas não invasivas, proporciona à mulher o rejuvenescimento íntimo, o tratamento da incontinência urinária e ainda melhora o desempenho sexual, devido ao aumento na lubrificação e a contração da vagina.

A tecnologia foi trazida ao Brasil pela LBT Lasers, representante no país da Alma Lasers, gigante de equipamentos de alta tecnologia. O Femilift, nova ponteira do Pixel CO², emite raios de laser fracionado que ao atingirem a parede vaginal, estimulam a regeneração e a formação do colágeno através da geração de calor. Essa regeneração do colágeno reforça a estrutura da vagina, melhorando a contração, que por sua vez também contribui na melhora da incontinência urinária. Sem falar num dos principais efeitos que é a melhora da lubrificação.

O equipamento tem uma proteção inédita na forma de um descartável, com uma janela especial para a emissão do laser, que protege a paciente de contaminação cruzada. O procedimento não requer anestesia, sendo realizado em consultório médico. A paciente pode retomar a rotina de imediato e a atividade sexual em 3 a 5 dias, de acordo com a orientação médica.

Não há uma idade específica para a realização do procedimento. É imprescindível a avaliação ginecológica para melhor indicação. Deve-se levar em consideração a queixa da paciente para que o tratamento possa ser individualizado e focado nas necessidades e objetivos de cada uma.

Indicações do Femilift

As principais indicações do Femilift são para hipotrofia e atrofia vaginal, incontinência urinária de esforço ou urgência miccional leves, disfunções sexuais como dor na relação, ressecamento e baixa sensibilidade vaginal, rejuvenescimento e tratamento da flacidez vulvo-vaginal, após o parto com melhoraria da sensibilidade vaginal e pós tratamento para cânceres ginecológicos (Mama e Endométrio) tratam a atrofia intensa.

Serviço:

XVIII Jornada de Obstetrícia e Ginecologia da SOGESP – Regional São José do Rio Preto
I Simpósio de Sexualidade Humana
III Simpósio de Enfermagem Obstétrica
Endereço:
Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Anfiteatro)
Av. Brg. Faria Lima, 5416 – Vila São Pedro

Fonte: Dino