(51) 991.612.101

Cirurgias plásticas precisam ser encaradas de forma mais realista, afirma especialista

Falta de informações sobre os procedimentos estéticos levam pacientes à ideia distorcida sobre os resultados.

O Brasil é o segundo país que mais realiza cirurgias plásticas no mundo. A cirurgia para colocar !link prótese de silicone https://www.giuliannocastelobranco.com.br/mamoplastia/ nas mamas é extremamente popular no país, sendo a segunda mais realizada. Os resultados alcançados, a segurança do procedimento e a maior acessibilidade da população em geral tornou a cirurgia bastante comum. No entanto, na maioria das vezes, as mulheres que procuram clínicas especializadas chegam com pouca ou quase nenhuma informação sobre o procedimento. O cirurgião plástico Dr. Giulianno Castelo Branco observa que “muitas das mulheres que procuram atendimento em meu consultório não possuem informações suficientes sobre a cirurgia que desejam realizar e, em muitos casos, apresentam visão distorcida, com expectativa que pode não ser alcançada”.

Segundo o cirurgião é comum ouvir observações de pacientes como: “minha amiga colocou 320ml e ficou bom, quero colocar o mesmo” ou “quero colocar atrás do músculo porque ouvi falar que é melhor”. Devido à grande propagação de conteúdo raso na internet, as pessoas chegam com uma ideia pouco realista sobre o procedimento e principalmente sobre os resultados que obterá com a cirurgia plástica. Embora todas as demandas da paciente devam ser analisadas é papel do cirurgião esclarecer os detalhes do que será feito incluindo riscos e benefícios dessas escolhas. “A cirurgia é sempre uma corresponsabilidade do que foi acordado entre médico e paciente”, completa o Dr. Giulianno.

Partindo desse princípio, o médico é responsável por orientar seus pacientes, por exemplo, sobre o volume das próteses, que é definido através de características como peso, altura, qualidade da pele e estrutura física da paciente. Outros quesitos como o posicionamento das próteses, que pode ser atrás da glândula ou do músculo e a via de inclusão (pela aréola ou sulco mamário) também ocasionam alterações na qualidade e posicionamento da cicatriz assim como comportamentos diferentes na evolução pós-operatória das mamas. Por isso é necessária a avaliação individual de cada paciente antes de definir quais os procedimentos que serão feitos durante a cirurgia de silicone.

Existem inúmeros tipos de próteses de mama com forma, revestimento e projeções diferentes, permitindo uma escolha mais personalizada. Durante a consulta os desejos do paciente são avaliados, mas a avaliação clínica é fundamental para definir as orientações adequadas onde se escolhe o modelo, volume, projeção, via de acesso e posicionamento silicone. Fácil deduzir que isso tudo não pode ser realizado sem uma consulta médica adequada, esclarecendo ponto a ponto o que será feito. É importante também pesquisar a formação do seu cirurgião e procurar referências sobre a clínica e pacientes que já realizaram algum procedimento com ele. Questionar sobre a equipe médica e não ter medo de perguntar ao cirurgião tudo sobre o que tem dúvidas no momento da avaliação é uma forma de obter informações mais realistas sobre como será a cirurgia plástica.

O consultório do Dr. Giulianno Castelo Branco fica localizado em Brasília, no Distrito Federal, o cirurgião plástico tem 10 anos de carreira e sua clínica é especializada em procedimentos como a cirurgia de silicone e vibrolipo. Graduado pela Universidade Federal do Piauí e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e concluiu sua especialização em cirurgia plástica em Brasília no Hospital das Forças Armadas (HFA). Informações sobre sua clínica podem ser acessadas em seu site no endereço !link https://www.giuliannocastelobranco.com.br/

Fonte: Dino