(51) 991.612.101

Análise Cromática, um poderoso artifício do Visagismo a favor da harmonização de imagem

Em que consiste a Análise Cromática, como ela é realizada e como ela associada ao visagista podem lhe auxiliar no dia a dia

Desde os primórdios da humanidade, as cores desempenharam papel fundamental na humanidade, designando classes sociais, clãs, indicando situações do cotidiano entre outras diversas utilizações.

Com a democratização das cores, tudo se uniu e se tornou muito mais acessível, por essa razão geralmente as pessoas possuem grande dificuldade em escolher as cores que lhe são mais adequadas, pois não possuem ideia de qual referência tomar, e a maneira mais simples e rasa é verificar se a pele é fria ou quente, constata o professor de Visagismo Acadêmico e Virtual !link Robson Trindade http://educacaovisagismoeprojetos.com.br/parceiros/robson-trindade/ .

Tanto a pele fria como a quente, possuem características específicas e distintas entre si, porém, a Análise Cromática está dividida em Análise Cromática Expandida, onde possui 12 possibilidades diferentes ou seja, cor quente, cor quente de saída, depois os sub tons neutros quentes, os sub tons neutros frios e o frio de saída e o frio. Isso classificam 12 possibilidades de cores.

O Visagismo trabalha para que você se conheça melhor através de sua cartela de cores, que exerce influência direta na escolha de suas roupas, make up, acessórios, óculos, por exemplo. Esse conhecimento fará com que você compre menos e com total direcionamento, o que fará que gaste menos.

Portanto, não se arrisque mais comprando peças e acessórios que não irá usar, consulte um visagista e se submeta a uma Análise Cromática para que você aprenda como essas cores são trabalhadas da maneira correta, pois quando as usa de maneira equivocada, elas sabotam de um modo geral sua aparência.

Fonte: Dino