(51) 991.612.101

O que fazer antes e depois da cirurgia plástica para melhorar os resultados e prevenir problemas

O cirurgião plástico David di Sessa explica o que é necessário fazer durante a recuperação para garantir sucesso no resultado do procedimento.

Todo mundo tem algo que mudaria no próprio corpo: nariz, seios, bochechas, abdômen. Muitas vezes a insatisfação afeta a autoestima, vida social e até mesmo profissional. Nesses casos, a cirurgia plástica pode ser a solução. Mas é importante lembrar que antes de tomar essa decisão, uma conversa franca com um bom profissional é essencial para garantir o resultado esperado.

O cirurgião plástico David di Sessa, de São Paulo, diz que durante a primeira consulta, o paciente deve levar em consideração que a cirurgia é um processo sério e que requer cuidados, além de repouso. “O paciente vem com muitas dúvidas e o papel do cirurgião é justamente informar todo o processo, esclarecer as questões e explicar que o pós-operatório é de extrema importância para uma boa recuperação e resultado satisfatório”, afirma Di Sessa.

As dúvidas de cada paciente podem variar, porém o médico afirma que algumas são mais urgentes. São elas: sou um bom candidato ao procedimento que escolhi? Onde será a cirurgia e quem serão os profissionais envolvidos? Qual será a anestesia utilizada? Como será a operação? Quais os riscos desse procedimento? Com as respostas a essas questões, o paciente se sentirá mais seguro para seguir em frente.

Os fumantes têm um desafio a mais: é necessário suspender o cigarro por, no mínimo, 30 dias antes e após o procedimento, pois as toxinas do cigarro geram vários problemas à saúde, como a formação de enfisema, que dificulta a oxigenação e afeta o processo anestésico. A nicotina também produz vasoconstricção, que pode levar a pele à necrose, à deiscência de suturas (afastamento dos cortes), o que dificulta a cicatrização e deixa marcas irregulares na pele.

Pós-operatório e final feliz

Uma recuperação com complicações pode diminuir a excelência do resultado, por isso é importante seguir as recomendações médicas durante os dias seguintes à cirurgia. Confira a seguir as principais medidas recomendadas pelo Dr. Di Sessa:

• Faça refeições leves, comendo pequenas quantidades ao longo do dia para evitar náuseas
• Coma frutas, caldo de legumes ou iogurte com sementes para manter o funcionamento intestinal
• Beba pelo menos 1,5
litro de água ou chá por dia para hidratar
• Faça repouso em uma posição confortável e adequada de acordo com a cirurgia
• Troque o curativo no consultório médico na data marcada
• Utilize os equipamentos de proteção como cinta, sutiã ou dreno, de acordo com a recomendação médica
• Tome os remédios indicados pelo médico para evitar infeção e dores
• Pratique atividade física somente após a liberação do Cirurgião Plástico
• Consulte sempre o médico antes de tomar outro remédio que não o recomendado, evitando que prejudique a recuperação
• Faça drenagem e massagens próprias para pacientes pós-operatórios. Elas aceleram o processo de recuperação e previnem possíveis complicações
• Evite o sol

David di Sessa é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da Associação Paulista de Medicina e da Associação Médica Brasileira. Médico formado em 2003 pela Faculdade de Medicina de Marilia. Após o término da graduação, realizou Residência de Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica em Campinas. Realizou, também, estágio na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro sob supervisão do Professor Ivo Pitanguy. Com clínica localizada na Bela Vista, o Dr. David se mantém constantemente atualizado, além de frequentar os principais Congressos Nacionais e Internacionais.

Fonte: Dino