(51) 991.612.101

Chile finaliza safra de azeitonas: em apenas 12 horas frutos são colhidos e processados para se obter azeite de oliva extravirgem de alta qualidade

Brasil ocupa 2ª posição no ranking de exportações de azeite de oliva chileno, que é 100% extravirgem

A ChileOliva, associação que reúne 34 dos principais produtores de azeite de oliva extravirgem chileno, acaba de divulgar um balanço da safra deste ano, finalizada nos campos chilenos em meados de julho, momento em que as frutas estão em seu melhor estado de maturação para dar origem a azeites de altíssima qualidade, 100% extravirgens e livres de fraudes, já que contam com protocolos rígidos de segurança alimentar – área em que o Chile é reconhecido em todo o mundo.

Atualmente, o Chile tem cerca de 24 mil hectares plantados e aproximadamente 40 usinas (planta de processamento), que em 2017 produziram cerca de 19 mil toneladas de azeite extravirgem, 11,77% a mais do que no ano passado. Em 2016, 66% do total de azeite engarrafado no Chile foram enviados ao Brasil.

Em relação às características, a colheita de 2017 deu origem a azeites que não ultrapassam 0,2% de acidez, o que os torna extravirgens da mais alta qualidade, pois registram níveis bastante baixos em relação ao máximo de acidez que um azeite deve ter para ser considerado extravirgem: 0,8%. A baixa acidez indica que a matéria-prima da qual o azeite foi extraído foi perfeitamente escolhida, ou seja, azeitonas saudáveis e frescas.

Produzido através de um trabalho delicado e rigoroso – e que procura preservar ao máximo a integridade das frutas -, o azeite chileno conta com um sistema de produção integralmente organizado no mesmo campo da safra: em menos de 12 horas, a azeitona é colhida e o azeite é extraído. A partir daí, chegam à mesa dos consumidores azeites de oliva verdadeiramente extravirgens, frescos, com equilíbrio entre seus matizes picantes e amargos, além, claro, dos benefícios que um bom azeite traz para a saúde.

“O Brasil está em 2º lugar em nosso ranking de exportações de azeite de oliva. A confiança dos brasileiros na qualidade dos alimentos do Chile é parte do êxito das exportações de azeites para o País. A isso, somam-se o frescor, os sabores frescos e os benefícios nutricionais dos nossos azeites, características bastante importantes no momento da decisão de compra do produto”, explica Gabriela Moglia, gerente da ChileOliva.

Azeite de Oliva do Chile: verdadeiramente extra virgem

Com o Deserto do Atacama ao norte, a neve ao sul, a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico, o Chile possui uma barreira natural contra pragas nocivas às plantações, o que faz com que grande parte das azeitonas plantadas seja saudável e de alta qualidade.

As vantagens geográficas aliadas à tecnologia de ponta resultam em um produto que tem chamado cada vez mais a atenção de consumidores e profissionais da área gastronômica em todo o mundo.

Aproximadamente 70% das plantações de oliveiras chilenas estão destinadas à produção de azeites de oliva de qualidade extravirgem e 30% para produção de azeitona de mesa. Os azeites são monovarietais (elaborados com apenas um tipo de azeitona) ou blends (quando se mesclam mais de dois tipos de frutos). As principais variedades cultivadas são Arbequina, Arbosana, Koroneiki, Frantoio, Leccino, Coratina e Picual.

“A ChileOliva iniciou a campanha com o compromisso de investir na qualidade das exportações para surpreender novos públicos e fidelizar os apreciadores do azeite de oliva extra virgem do Chile. Esse foi o primeiro passo para fortalecer nossos laços comerciais com o Brasil continuaremos engajados para manter a crescente expansão da nossa presença no universo gastronômico dos brasileiros”, resume Gabriela Moglia.

Durante o segundo semestre deste ano, em conjunto com o ProChile, escritório comercial do Chile no Brasil, a ChileOliva irá realizar no mercado brasileiro a campanha promocional ‘Chile Azeite de Oliva’, com o objetivo de difundir as características diferenciadas do azeite chileno e ampliar o consumo do produto em todo o País.

ChileOliva

Os principais produtores estão agrupados na Associação ChileOliva, com 34 empresas associadas, que concentram mais de 93% de participação na indústria. Atualmente, o Chile possui por volta de 24 mil hectares plantados e 40 moinhos que produzem mais de 17 mil toneladas de azeite de oliva extra virgem. A colheita acontece nos meses de maio, junho e julho. Mais informações: www.chileoliva.cl.

ProChile

Escritório comercial do Chile no Brasil, o ProChile apoia a promoção das exportações de bens e serviços chilenos, além de contribuir na atração de investimentos estrangeiros e no fomento do turismo do país. Com 40 anos de experiência e uma rede de mais de 50 escritórios comerciais no mundo, o ProChile apoia empresas chilenas a participarem das mais importantes feiras e conferências internacionais, bem como eventos em que empresários de diferentes regiões do mundo se reúnem para estreitarem relações comerciais. Mais informações: http://www.prochile.gob.cl.

Informações para a imprensa: CH2A Comunicação
Diretora: Alessandra Casolato – alessandra.casolato@ch2a.com.br
Coordenadora: Magaly Corgosinho – coordenadoria@ch2a.com.br
Atendimento: Débora Rodrigues – atendimento2@ch2a.com.br
Tel. (11) 3253.7052 | (11) 9 7641-7472

Website: http://www.ch2a.com.br

Fonte: Dino