(51) 991.612.101

Os cuidados com a coluna nas compras de Natal

Ortopedista Rogério Vidal aponta o tipo de calçado ideal para percorrer as lojas

A maratona de compras no fim do ano é inevitável e exige fôlego do consumidor que quer o melhor presente pelo menor preço. E não basta só disposição! Antes de sair de casa, é preciso tomar algumas medidas que podem ajudar a evitar dores desagradáveis ou agravar um problema que atinge mais de 50 milhões de brasileiros, segundo o Ministério da Saúde.

O ortopedista Rogério Vidal, especialista em coluna do Hospital das Clínicas de São Paulo, reprova o uso de salto alto na hora de perambular por aí atrás dos presentes da família e dos amigos. Ele afirma que os calçados com salto não dão o equilíbrio necessário ao corpo e podem causar sérios danos à coluna e outras regiões.

“O uso excessivo de saltos muito altos pode levar a retrações musculares, encurtamentos e provocar dor intensa na sola dos pés, panturrilha e costas”, explica o médico que afirma não haver um consenso sobre a altura ou quantidade de vezes em que é seguro usar salto sem prejudicar a coluna, mesmo fora do período de festas.

“O limite está diretamente relacionado ao conforto de quem usa. Tudo depende do biotipo da mulher, adaptação ao tipo de calçado, necessidade e costume de usar salto”, acrescenta.

O problema é que os calçados muito baixos ou totalmente planos também podem afetar a coluna, até de forma mais severa do que um sapato de salto alto. Por isso o ortopedista recomenda que se busque o equilíbrio nas compras de fim de ano, quando a pessoa já sabe que vai caminhar bastante e ficar de pé por longos períodos.

“O ideal é optar por um tipo de calçado que fique no meio termo, nem muito alto, nem muito baixo”.

Veja agora a análise do Dr. Rogério Vidal dos principais tipos de calçados usados pelos consumidores e saiba qual é o mais indicado para as compras de Natal, as festas de fim de ano ou até mesmo para uso diário, principalmente por pessoas que são obrigadas a passar longos períodos em pé ou se movimentado:

Rasteirinha: USO RESTRITO. Provoca dor na região inferior do calcanhar, quando usada em excesso.

Alpargata: USO RESTRITO. Assim como as rasteirinhas, a alpargata pode causar dor na sola dos pés.

Scarpim: USO MODERADO. Não ocasiona grandes problemas desde que tenha um salto médio e o bico não seja muito fino.

Salto agulha: USO NÃO RECOMENDADO. Esse tipo de salto pode causar desequilíbrio, torções e sobrecarga. É indicado apenas para compromissos sociais que não exijam muita movimentação.

Sandália gladiadora: USO RESTRITO.

Sapatilha: USO MODERADO. Só estão totalmente liberadas aquelas que têm um saltinho já que as muito baixas podem causar dores nos pés.

Sapatênis: USO MODERADO. Apesar de serem muito confortáveis, alguns modelos causam instabilidade e podem gerar entorses.

Anabela: SEM RESTRIÇÕES. Único tipo de calçado totalmente confortável e seguro.

Fonte: Dino