(51) 991.612.101

Visagismo é técnica que pode auxiliar, tanto profissionais de beleza, quanto clientes finais

O visagismo é o conhecimento necessário para todas as áreas: dentistas, dermatologistas, cirurgiões plásticos e profissionais de beleza em geral. Seu benefício agrega valor ao negócio, ao mesmo tempo que ajuda os clientes finais. Cria-se assim uma cadeia de transformação para o melhor.

De acordo com um levantamento da Consultoria Euromonitor, em 2016, as vendas dos produtos premium em beleza cresceram 9,1%. Isso significa que a brasileira está cada vez mais antenada e informada sobre o mercado de beleza e quanto custa estar bonita.

Diante de um cenário de grande competição, profissionais precisam buscar inovações para oferecer o chamado “pacote completo” ao cliente. “O visagismo entra como uma ferramenta de marketing poderosa no desenvolvimento dos negócios, porque, a partir do momento em que você oferece um serviço a mais no seu leque de procedimentos, o cliente vê aquilo como um benefício”, fala Robson Trindade.

Entre frequentar o consultório de um dermatologista comum e aquele que adquiriu conhecimentos sobre a estrutura adequada e sabe da importância do visual na vida de sua cliente, é claro que é mais viável escolher a segunda opção. “Assim, a rede de clínicas ou salões, por exemplo, mostra um diferencial não só competitivo ao mercado, como também, renova a impressão com as clientes já fiéis, de que o negócio está em crescimento ou vai bem. Melhor ainda, cria-se mais vínculo e fidelidade com outras clientes”, ensina o visagista.

Desde antigamente, o ser humano modifica sua aparência. “Pinturas faciais foram usadas como recurso de embelezamento ou recado. “Índios transformavam sua imagem para a guerra. Os egípcios exaltavam a maquiagem como recurso de riqueza e sedução. Isso sem falar nas divas de cinema, que até hoje são exemplos claros da importância que o visual tem na sociedade”, explica Trindade. Com o passar dos anos e o avanço da tecnologia, a imagem ganhou ainda mais visibilidade. “Hoje, com os aplicativos, a primeira coisa que se vê é o rosto da pessoa que você vai contratar, namorar ou se relacionar socialmente. Assim, o mercado cresce para os profissionais que trabalham com a estética da aparência: cirurgiões plásticos, cabeleireiros, dentistas, consultores de Imagem, dermatologistas, maquiadores, designer de sobrancelhas e também aqueles que desejam entender mais sobre visagismo e construção de imagem”.

Essa extensão de conhecimento através do visagismo pode ocorrer para profissionais de todas as áreas, basta agendar um horário para que o visagista analise caso a caso e as necessidades, seja para seu negócio, quanto para seu benefício particular, como cliente final.

Website: http://www.visagismonapratica.com.br

Fonte: Dino