(51) 991.612.101

Método contra calvície é anunciado por cientistas japoneses

O estudo realizado pela equipe japonesa, usa dois tipos de células que são inseridas em pequenos recipientes de silicone para cultivar “germes de folículos pilosos”, fonte de pequenas calvícies, onde o cabelo nasce e se alimenta.

Cientistas japoneses apresentaram um novo método que desenvolveram para estimular o crescimento de folículos capilares. O estudo realizado pela equipe usa dois tipos de células que são inseridas em pequenos recipientes de silicone para cultivar “germes de folículos pilosos”, fonte de pequenas calvícies, onde o cabelo nasce e se alimenta.

Essa maneira de estimular o crescimento de folículos é extremamente rápida e, segundo os cientistas, este método pode ser a cura para a calvície, além de evitar a perda de cabelos em decorrência da quimioterapia e de algumas doenças. Para se ter uma ideia, a equipe da Universidade Nacional de Yokohama, dirigida por Junji Fukuda, conseguiu cultivar 5.000 desses “germes” em apenas alguns dias.

De acordo com os cientistas, o novo método é um grande passo nas técnicas que são utilizadas atualmente, em que é possível criar cerca de 50 “germes” em uma única vez. No entanto, para os próximos cinco anos, ainda não há previsão de quando serão realizados testes em humanos. Apesar disso, os cientistas estão convencidos que a nova técnica poderá ser usada para reconstituir de forma abundante as mechas capilares.

Hoje em dia, existem algumas clínicas que já disponibilizam tratamentos específicos e utilizam recursos de ponta para combater a calvície, como a técnica de implantar o cabelo da nuca nas zonas frontais e métodos que desaceleram a queda de cabelo, porém, nenhuma dessas técnicas são capazes de reverter o processo, ou curar totalmente a calvície. Junji Fukuda, diretor da equipe da Universidade Nacional de Yokohama, afirma que esta nova técnica pode estar disponível em dez anos.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a calvície pode atingir cerca de 50% dos homens em algum momento de suas vidas. Médicos já constataram que a principal causa da calvície vem da origem genética, uma condição que se manifesta em várias idades e quanto mais cedo, mais difícil para o paciente lidar com suas consequências.

O implante capilar acaba sendo a solução que a maioria dos pacientes recorre. A técnica é estudada e aprimorada desde o ano de 1958, no qual os folículos capilares transplantados de uma região doadora para uma área calva se comportam como se estivessem em seu local de origem, e assim, criam raízes e voltam a crescer.

A técnica de implante capilar é um método cirúrgico pouco invasivo e oferece resultados satisfatórios para diversos pacientes. Por existir há muitos anos, o implante capilar, atualmente, possui um alto nível de qualidade e excelente precisão que é capaz de entregar um resultado duradouro e imperceptível.

A cirurgia é feita para seguir com exatidão todas as características do cabelo natural do paciente, dessa forma, por esse e outros motivos esta técnica é considerada avançada e se tornou uma das mais realizadas para tratar a calvície. Os médicos orientam seus pacientes a irem a uma consulta para confirmar o diagnóstico e, a partir daí, escolher o melhor tratamento com profissionais responsáveis.

A calvície pode causar transtornos psicológicos nas pessoas, pois altera aspectos da aparência gerando um grande desconforto estético. Lembre-se de que a calvície tem tratamento e a clínica Calvície BH é uma das melhores para realizar o implante capilar. Os profissionais atuam em cada caso de forma específica, utilizando as principais técnicas de implante capilar disponíveis no mundo.

Website: http://calviciebh.com.br/

Fonte: Dino