(51) 991.612.101

Especialista ensina a prevenir e combater o piolho

E só voltar as aulas que os piolhos voltam a aparecer, mas como é possível combater o ataque desses parasitas de forma natural? Foi isso que a pesquisadora e escritora do livro “piolho nunca mais” responde nesta matéria

Os piolhos não só são irritantes devido à coceira e a sensação de sujeira que eles causam, como também são perigosos. Além de espalhar e procriar rapidamente não tratar esta doença pode agravar casos de anemia.

A contrário do que a maioria das pessoas pensam, a presença de piolhos não é um sinal de falta de higiene e não é afetada pelo comprimento do cabelo (os ovos também podem ser encontrados em um cabelo curto).

O que são piolhos:
Os piolhos são pequenos parasitas cinzentos (2-5 mm de comprimento) que se alimentam de sangue durante toda sua vida. E por isso estão sempre em busca de lugares quentes e seguros para crescer e proliferar, como o nosso couro cabeludo.

A fêmea que põe ovos, chamados lêndeas, que eclodem em um período de tempo entre 6 e 12 dias. As lêndeas têm uma cor que tende ao branco e podem ser confundidas com a caspa, mesmo que, ao contrário do último, tenham uma forma sempre oval.

Como ocorre o contagio:
Os piolhos se espalham, na maioria dos casos, pelo contato direto com a cabeça e o cabelo de uma pessoa que já os tem. Outras formas de infecção podem ser escovas, pentes, chapéus, cachecóis, lençóis ou toalhas de pessoas infectadas.

É evidente que lugares mais movimentados, onde o contato é mais frequente, como ônibus, creches e escolas, proporcionam um maior risco de transmissão de pessoa para pessoa. Segundo a especialista “a prevenção é a arma mais eficaz contra os piolhos”. Vamos ver quais medidas tomar para evitar a pediculose.

Como evitar piolhos:
Existem alguns hábitos que podemos colocar em prática com certa regularidade, de modo a prevenir o aparecimento de piolhos ou a observá-lo antes da sua presença, tendo assim a capacidade de eliminá-los mais facilmente:
Verifique a cabeça periodicamente: é muito importante, especialmente se você tiver crianças pequenas que frequentam creches, escolas ou outras atividades. O ponto a ser observado com maior atenção é a nuca e lembre-se de fazê-lo sempre em um lugar iluminado com luz difusa. Isso porque a luz direta poderia camuflar os ovos brancos. Também é melhor proceder com a verificação quando o cabelo está molhado.

Utilize óleos como neem, azeite e também vinagre nos shampoos, fique atento as quantidades, para saber as receitas certas confira o livro digital “Piolho nunca mais”.

Como eliminar os piolhos:
Apesar da prevenção muitas pessoas se veem com piolhos, o que fazer? Não se preocupe, em vez de se apressar em comprar um produto específico em uma farmácia, tente primeiro derrotá-lo com alguns remédios naturais eficazes para a pediculose, bem como implementar boas práticas:
Elimine as lêndeas: para remover todos os ovos será útil um pente para dentes muito grossos para passar várias vezes e com cuidado em todos os fios de cabelo a partir da raiz. É preciso um pouco de paciência, mas é essencial para alcançar os resultados desejados.

Vinagre branco e maçã: como no caso da prevenção, mesmo no caso dos piolhos já declarados, podemos usar o vinagre como um remédio natural útil para desinfetar, mas sobretudo para destacar melhor os ovos. Portanto, deve ser usado em combinação com o pente de dentes estreitos. O cheiro desagradável aos parasitas, então, impedirá que eles apareçam novamente.

Azeite: como alternativa ao vinagre, pode passar o pente com azeite cuja consistência pegajosa ajudará a capturar as lêndeas e os piolhos facilitando a sua eliminação.

Óleo de neem: este óleo é pesticida, espalhando algumas gotas na linha do cabelo permite que você mantenha os piolhos longe.

Se um membro da família é afetado pela pediculose, é bom que todos os outros também sejam verificados e façam tratamentos preventivos para evitar a infecção.

Para saber todas as estratégias naturais e econômicas para eliminar os piolhos basta digitar “piolho nunca mais” de Angela Faustin em seu navegador.

Informações de Contato:
Nome: Dra. Angela Maria Faustin de Jesus – CRN-8 11109
E-mail: suporte@ganheisaude.com.br
Telefone e WhatsApp: (043) 99157-8675

Website: https://ganheisaude.com.br/piolho-2/

Fonte: Dino