(51) 991.612.101

O setor de Beleza e Estética continua a surpreender e a inspirar bons negócios no Brasil

Nos eventos de Estética e Beleza, os congressos e feiras contam com a adesão constante de profissionais ávidos por especialização, capacitação e conhecimento, uma vez que se sentem bem otimistas com os números positivos dos últimos anos, comprovando as mudanças no consumo que está mais consciente, optando por produtos que proporcionam mais benefícios, além de não serem testados em animais e que respeitem o meio ambiente e a sociedade.

O aumento da longevidade, da vaidade masculina, das mulheres no mercado de trabalho, do aumento do uso de produtos que contenham ingredientes naturais ou que sejam elaborados através de processos que respeitem o meio ambiente, apontam tendências que se fortalecem com o passar dos anos.

As empresas passam a se inovar e a se reinventar para oferecer melhores soluções nos negócios e a atender às necessidades do consumidor que está mais exigente, deixando de buscar só marcas famosas, optando por produtos que proporcionam mais benefícios, além de não serem testados em animais e que contenham em suas formulações ativos e insumos mais naturais, por exemplo a Vita Derm que há 34 anos trabalha com produtos hipoalergênicos e dermatologicamente testados por meio da Bioengenharia Cutânea.

Outro braço do segmento que mostra inovação mediante às novas exigências do consumidor é a indústria de equipamentos para estética, fisioterapia e medicina que precisou se adequar apresentando tecnologia para tratamentos estéticos eficazes, mais rápidos, indolores e menos invasivos, como a empresa gaúcha Tonederm que se preparou para superar as expectativas do mercado. Cristiano Paganin, CEO da Tonederm, explica que possuem uma forma mais sustentável de trabalhar que beneficia o mercado, “se o cliente possui um equipamento de ultrassom ou radiofrequência fazemos um upgrade para melhorar a plataforma de tecnologia, integrando novos equipamentos e evitando o descarte de máquinas e componentes, assim respeitamos o cliente, o mercado e o meio ambiente”.

Os profissionais dessa área também precisam se movimentar em busca de capacitação e conhecimento, uma vez que se sentem bem otimistas com os números positivos ao longo dos últimos anos, comprovando as mudanças no consumo.

No quesito produtos, o setor projeta um crescimento nominal de 7,5% no faturamento sobre 2017. Um total de R$ 118,2 bilhões, com as categorias de perfumaria e cremes hidratantes como destaque nas vendas, mas a busca por produtos e tratamentos cada vez mais específicos e avançados pode aumentar essa previsão.

Nos eventos do segmento, os congressos e feiras contam com a adesão constante de profissionais ávidos por especializações. Segundo Eduardo Gouvêa, diretor do Grupo Estética in, que organiza eventos no Rio, São Paulo e no Nordeste, relata que “em 2017 tivemos cerca de 50 mil pessoas circulando pelos eventos e a nossa expectativa é de um aumento de pelo menos 20% este ano”.

Outros cases de crescimento de mercado são a Bel Col Cosméticos, que enxerga a possibilidade de crescimento real de 80% nos próximos 5 anos , além de planos de expansão e investimentos em ações focadas no exterior, como o Oriente Médio, Estados Unidos e Canadá. A Tonederm, que completa 50 anos, prevê um crescimento de 16,05%. A Árago (60%), Extratos da Terra (32%), Hidramais (87%), IBRAMED(15%), RSRoller (15%), SHOPFISIO (35%), VCTEC(60%), entre outras.

O segredo dos eventos de estética está em surpreender os expositores, profissionais e interessados. Nas últimas edições dos Eventos do Grupo Estética in, a programação contou com palestrantes de renome do país e do exterior, com temas fortes e atuais como capacitação para o público formado por esteticistas, fisioterapeutas, biomédicos, farmacêuticos, enfermeiros, nutricionistas, depiladores e micropigmentadores. Além de focar em Nutrição Funcional, Esportiva, Estética e Gastronomia.

Fonte: Dino