(51) 991.612.101

Entenda as diferenças das lentes de contato e quais as recomendações

Uma vez apto a fazer uso de lentes de contato, o próximo passo é procurar uma empresa séria e que traga soluções convenientes.

As lentes de contato podem ser tanto um item indispensável, como um acessório. A utilidade vai depender da necessidade de cada pessoa. Muitas pessoas as utilizam para substituir os óculos e não conseguem sair sem. Embora muito importante, ela é quase imperceptível, o que faz com que muitos pensem que não existem diferenças, mas há. Para cada tipo de problema existe uma recomendação, sem contar que é possível optar pela de uso esporádico ou contínuo. Tudo isso deve ser discutido junto do oftalmologista responsável pelo caso, para que o paciente faça o uso das lentes de contato mais adequadas.

Tóricas, gelatinosas e rígidas, essas são alguns dos tipos de lentes de contato e que causam confusão. A lente tórica é recomendada para pessoas diagnosticadas com astigmatismo, justamente devido à característica de curvatura acentuada, uma vez que esse problema nada mais é do que a imperfeição na curvatura do olho. Caso o paciente apresente hipermetropia ou astigmatismo e miopia ao mesmo tempo, ela também costuma ser recomendada.

Esta, por sua vez, pode ser rígida ou gelatinosa. As lentes rígidas, pelas características, são sempre a melhor escolha para as pessoas que possuem grau alto. Além do astigmatismo, isso também se enquadra aos diagnosticados com ceratocone, hipermetropia e astigmatismo com miopia. Já as lentes de contato gelatinosas são uma alternativa àquelas pessoas que não conseguiram se adaptar às rígidas, pois são mais finas e flexíveis, geralmente utilizadas por pessoas com prescrição de grau mais baixo. Porém, não basta que o paciente realize a troca apenas de acordo com o desejo. É imprescindível que um acompanhamento médico seja realizado periodicamente, de maneira a discutir questões como essa. Isso porque, a substituição de uma lente rígida por uma gelatinosa pode não corrigir perfeitamente os problemas de visão apresentados, causando desconforto, além de retardar o adequado tratamento oftalmológico.

A World Vision , especializada na fabricação de lentes de contato sob medida , explica que nem todas as pessoas se adaptam facilmente a qualquer lente e, por isso, é preciso realizar um teste prévio, de maneira a identificar qual o melhor tipo, sempre respeitando as especificações. “A empresa atua na produção individual, de acordo com cada caso específico, para as mais diferentes finalidades, com o objetivo de apresentar ao paciente um resultado clínico satisfatório, confortável e efetivo”, conta. Uma vez apto a fazer uso de lentes de contato, o próximo passo é procurar uma empresa séria e que traga soluções convenientes.

Ao sentir dificuldade em enxergar, a principal orientação é procurar um oftalmologista. Mesmo após o diagnóstico, é importante passar em consultas de rotina para que o profissional possa acompanhar a maneira como os olhos reagem ao que foi recomendado. Este é o médico capacitado para recomendar qual a melhor lente a ser utilizada. Apenas com a receita em mãos se deve então procurar uma empresa especializada e autorizada a realizar o comércio de lente de contato de modo a adequar à necessidade específica de cada um. Ainda é possível adquirir produtos descartáveis ou com maior durabilidade, dependendo da intenção do usuário.

Website: http://www.worldvision.com.br/

Fonte: Dino