(51) 991.612.101

Cresce mercado brasileiro de cuidados pessoais para homens

Atenção com a pele e o setor de barba, cabelo e bigode se destacam

Se os cuidados estéticos masculinos eram apenas com acne e queda de cabelo, um novo movimento vem surgindo entre este público: o setor de men´s care. De acordo com números revelados pela Euromonitor International, empresa de pesquisa que monitora o setor de beleza em 80 países, o mercado brasileiro de cuidados pessoais para homens só tende a crescer. Nos últimos cinco anos, o setor dobrou e deve continuar crescendo 7,1% ao ano até 2019, e pode se tornar o maior mercado do mundo na categoria, movimentando US$ 6,7 bilhões em vendas. O ramo de barba, cabelo e bigode foram os que mais se destacaram. Atualmente, o Brasil está em quarto lugar em pesquisas de cosméticos a nível mundial, ficando atrás apenas dos Estados Unidos, China e Japão. “Os homens estão cada vez mais vaidosos, preocupados com a saúde e mais atentos ao corpo de maneira geral. Estão mais interessados em tratamento para marcas de expressão, redução de medidas abdominais e procedimentos de rejuvenescimento. Nessas áreas, um dos destaques são as farmácias magistrais, pois somos capazes de preparar formulações individualizadas, com ativos efetivos e que, muitas vezes, só se encontram disponíveis por meio da manipulação”, afirma Leandra Sá de Lima, consultora farmacêutica da Farmacotécnica.

Entre os cuidados com a beleza e saúde, a farmacêutica explica que um dos grandes vilões do público masculino é a oleosidade da pele. Por isso, novas pesquisas e ativos cada vez melhores são desenvolvidos para evitar o problema. “Por conta dos hormônios, principalmente a testosterona, que age nas glândulas sebáceas aumentando a produção de sebo, a pele masculina tende a produzir mais óleo do que a das mulheres. Poros dilatados favorecem o surgimento de acnes e também tornam a pele mais suscetível à poluição, diminuindo o viço e a luminosidade da cútis, além do aumento de rugas e a perda de hidratação. A oleosidade afeta também a saúde dos cabelos e pode até mesmo desencadear a dermatite seborreica, caracterizada pela descamação do couro cabeludo devido ao excesso de sebo”, explica Leandra.

Pensando nisso, a Farmacotécnica lança o Minimazing, um novo ativo japonês, que atua justamente neste ponto. Usado em formulações leves e desenvolvidas para agradar o sensorial masculino, o ativo tem a capacidade de reduzir a oleosidade da pele em até 70% após três horas de uso. “O Minimazing pode ser adicionado a produtos com diferentes funções, evitando que a face fique oleosa e brilhante ou ainda o surgimento dos comedões (cravos), que ninguém gosta”, explica a farmacêutica. De acordo com a especialista, é possível ainda criar produtos multifuncionais, os chamados 3×1, que atuam como shampoo, condicionador e sabonete líquido. “Praticidade para uma chuveirada. Ele limpa todos os fios de forma adequada, favorecendo a higiene da barba, cabelos e pele. Para homens com tendência a foliculite, inclusive, é possível adicionar à formulação componentes ativos que desaceleram o crescimento do pelo, contribuindo para o espaçamento entre o barbear”, afirma Leandra.

Um novo produto que também tem chamado a atenção do público masculino que busca melhorar a saúde dos cabelos, da pele e o fortalecimento das unhas é o VMC, da Naiak. O suplemento possui formulação inovadora exclusiva que associa o colágeno hidrolisado Verisol® a oito vitaminas (7 do complexo B + vitamina C) e os minerais quelatos selênio, que cobre com 100% da ingestão diária recomendada (IDR). Para aqueles que relutam em usar cremes, o uso oral de componentes para saúde da pele também são bem-vindos. “Podem ser criadas composições específicas, contendo, por exemplo, o Exsynutriment, silício orgânico que tem a capacidade de melhorar a saúde da pele, cabelos e unhas”, conclui a farmacêutica.

Website: http://www.farmacotecnica.com.br/

Fonte: Dino