(51) 991.612.101

Alongamento no cabelo requer cuidados para evitar queda

Quem faz alongamento no cabelo precisa estar atento aos danos que os fios podem sofrer, já que problemas mais sérios favorecem a calvície.

Utilizar estratégias para aumentar as madeixas é a solução encontrada por muitas mulheres. Seja para dar volume ou tornar os fios mais longos, os apliques são grandes aliados. Com um efeito rápido, em poucas horas é possível ver a transformação do cabelo, levantando a autoestima. Mas, quem faz alongamento no cabelo precisa estar atento aos danos que os fios podem sofrer. Problemas mais sérios favorecem a calvície, apresentando falhas no couro cabeludo. Assim, realizar a manutenção periódica da extensão capilar é necessário, para que os fios fiquem fortes e bonitos.

A manutenção de um alongamento no cabelo, nada mais é do que fazer a substituição sempre que preciso. Além de garantir a saúde do fio natural, ele ficará sempre com um aspecto bonito. Conforme o cabelo começa a crescer, é preciso trazer o aplique para próximo da raiz. Esse procedimento é necessário independentemente do tipo de extensão utilizado. Justamente por questões como essa que é importante realizar um planejamento orçamentário. Não só a aplicação das mechas, como também a manutenção possui um custo elevado. São muitas horas de trabalho necessárias para a realização do procedimento, bem como a necessidade de adquirir produtos de qualidade. Tudo isso encarece o serviço, mas com garantia de satisfação.

Segundo O Rei dos Cabelos , salão especialista em serviços de alongamento no cabelo , existem inúmeras técnicas a serem desenvolvidas. Cada uma é mais recomendada para um tipo de cabelo. “Como requer investimento, existe todo um trabalho a ser realizado além do aplique propriamente dito. É preciso avaliar qual método será utilizado cautelosamente e a cliente deve estar ciente das devidas responsabilidades para garantir o êxito do procedimento”, explica. Os cuidados a serem tomados vão além da manutenção periódica com o cabeleireiro. Também é preciso se atentar ao uso de secadores e chapinhas, já que dependendo da aplicação ela pode derreter.

É importante sempre garantir que o cabelo natural esteja saudável, por isso, não é recomendado ficar com o alongamento no cabelo por muitos meses consecutivos. Recomenda-se permitir que os fios respirem por um tempo para então voltar a realizar o procedimento. Apenas o desejo da mulher não é suficiente, já que em cabelos muito finos ou quebradiços a aplicação não é recomendada. As causas para isso podem ser várias, como a genética, o uso exagerado de química ou mesmo decorrente de hábitos do dia a dia. Um exemplo é a maneira como o cabelo é preso e o elástico utilizado, sem contar as tranças e a força empregada nelas. Nos casos em que o cabelo está comprometido, a orientação é primeiramente tratá-lo para depois realizar o alongamento.

Não se atentar a esses cuidados faz com que o alongamento no cabelo cause uma alopecia traumática. O problema ocorre quando a tração no folículo é muito forte. No início, os fios ficam mais fracos, depois eles começam a cair e podem nunca mais crescer. Isso não é causado pela extensão capilar, mas pelo esforço da raiz. Para evitar, é importante respeitar o tamanho da mecha, o tipo de cabelo e realizar a manutenção necessária.

Website: https://oreidoscabelos.com.br/

Fonte: Dino