(51) 991.612.101

Micropigmentação em alta : técnica se destaca no Brasil e pode ser realizada em várias partes do corpo

Método faz sucesso para realçar as sobrancelhas e em outros procedimentos como revitalização labial, camuflagem de estrias, reconstrução de auréolas mamárias e até a chamada ‘tatuagem’ para olheiras.

Nos últimos anos, a manutenção das sobrancelhas deixou de ser feita apenas com a clássica pinça ou cera de depilação. Muitas novidades surgiram e o processo de realçar o olhar ganhou novas técnicas e produtos que transformaram este mercado em um dos mais cobiçados e que mais cresceram nos últimos anos. A micropigmentação, método de preenchimento que faz sucesso não apenas pela correção de falhas, mas também pela aparência natural que oferece aos fios, encontrou seu lugar no mercado brasileiro desde seu surgimento com a adesão de famosas e anônimas. Além das sobrancelhas, a micropigmentação também permite outros procedimentos como revitalização labial, camuflagem de estrias, reconstrução de auréolas mamárias e até a chamada ‘tatuagem’ para olheiras.

Os números mostram que o mercado da estética tem lugar garantido no Brasil. De acordo com um levantamento divulgado em 2018 pela Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) juntamente com o Instituto FSB Pesquisa, o país se tornou o terceiro com o maior mercado no mundo ficando atrás apenas dos Estados Unidos, que têm 16,5%, e da China com 10,3% de todo o consumo mundial quando se fala em estética.

A especialista em micropigmentação Nanda Gama explica quais são as tendências em 2019. www.nandagama.com, e continua: “Além disso, novas técnicas estão sendo aplicadas na área paramédica, como a cobertura de manchas, estrias e reconstrução de auréolas mamárias em pós-cirúrgicos”, conta.

O procedimento para cobertura de manchas na pele, mais frequentemente utilizado para maquiagem permanente, utiliza a técnica de micropigmentação paramédica para camuflar manchas e sardas brancas, senis ou acrômicas – principalmente vitiligo. Referência na área no Brasil, Nanda explica que tanto na área puramente estética quanto na paramédica o objetivo é trazer um resultado o mais próximo do natural possível.

“No caso da reconstrução de auréolas, por exemplo, o objetivo é devolver a mulher o sentimento de reconhecimento de ser mulher e feminina. A técnica é realizada em pacientes que passaram por tratamento de câncer e cirurgias. Desta forma, devolver a uma mulher a aparência natural dos seios ajuda na sua autoestima e retomada da vida normal”, comenta a profissional. De acordo com o INCA, o câncer de mama é o tipo da doença mais comum entre as mulheres no mundo correspondendo a cerca de 25% dos casos novos a cada ano. No Brasil, esse percentual é de 29%.

Com o aumento da procura por esta técnica, Nanda, além do atendimento aos clientes, ministra cursos em seu Espaço, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e em todo o Brasil e exterior, capacitando novos profissionais que também desejam empreender na área. A agenda pode ser conferida através do site www.nandagama.com.

Website: http://www.nandagama.com

Fonte: Dino