(51) 991.612.101

Auditoria das Demonstrações Financeiras

 Aluno: LEANDRO ROSA DA SILVA

Conhecido como Silva Leandro de Viamão

É Técnico em Contabilidade com CRC (TC-CRCRS 57.196)
Graduado em Gestão Financeira pela UNIUBE (Universidade de Uberaba)

Pós-Graduando, em nível de especialização “latu sensu”,  MBA em Controladoria pela FMU (Faculdades Metropolitanas Unidas) de São Paulo

Resposta Autoral do Discente: Silva Leandro 

Devemos planejar como aferir a consistência do objeto auditável, com a necessária autorização por meio de Carta de Reponsabilidade da Administração. O procedimento inicial é a inspeção da conta disponível, verificando in loco os valores em espécie na data auditada e os registros eventualmente existentes na tesouraria.

 Observar, investigar e confirmar as inconsistências de registros e conciliação de pagamentos e recebimentos registrados na Tesouraria em relação à conta Caixa e, eventualmente, Bancos Conta Movimento (disponibilidades). Verificar a consistência dos adiantamentos na rubrica “vale” a funcionários e administradores, verificando se existe a necessária contra partida na contabilidade societária.

Adiantamentos devem ser regulamentados na contabilidade societária pela alta administração. Os referidos “vales” ferem o artigo: 50 do Código Civil Pátrio. Pelas boas práticas de compliance  deve ser imediatamente corrigida a liberação de tais “vales” ou adiantamentos por Caixa. Evitando os efeitos civis e fiscais da confusão patrimonial no que se refere à antecipação de recursos financeiros a administradores. Podendo, ainda, tal prática comprometer a liquidez do negócio.

Sugere-se identificar todos os pagamentos recebidos. A não identificação da origem de recebimentos de clientes impossibilita a conciliação dos controles internos de tesouraria com a contabilidade societária. Todos os pagamentos e recebimentos devem, tempestivamente, serem reconhecidos pela Tesouraria e pelo princípio contábil de competência devem ter contra partida imediata na Contabilidade societária.

Referência Bibliográfica:

RIBEIRO, Osni Moura; RIBEIRO, Juliana Moura. Auditoria fácil.. 2. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2014.

Fonte externa: Portal de Auditoria

https://portaldeauditoria.com.br/procedimentos-da-auditoria-interna/

Acessado em 14/04/2019 01h46 min.

Compliance. Link:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Compliance

Acessado em 14/04/2019 as 02 horas e 13 minutos.



Silva Leandro
Autor: Silva Leandro
Silva Leandro (formação técnica e superior - graduação e pós-graduação) é Técnico em Contabilidade (desde 1996) com CRC ativo (TC/CRCRS 57.196) e Graduado (nível superior) em Gestão Financeira pela Universidade de Uberaba (ano de conclusão: 2018). Pós-graduado em Direito Tributário (Tributarista) pela Faculdade Dom Alberto de Santa Cruz do Sul, RS. Atendimento somente pelo WhatsApp (51) 9 8489 6189.